domingo, 23 de agosto de 2009

Artesanaterapia e decoraterapia

Eu sempre acreditei na reciclagem de coisas, ideias e de pessoas, talvez até já tenha dito aqui, em outra ocasião.
Acho que uma pessoa pode sair do nada, da pobreza, da miséria humana, dos vícios, das dores e de toda sorte de coisa ruim - já que reciclar entre nós é sinônimo de um ato de tirar algo do lixo e de transformar em algo ainda útil - para viver novidade de vida.
Muitas vezes, tenho me decepcionado em ver que nem todos têm força, nem todos têm vontade de transformar suas vidas.... infelizmente. Porque o vale da sombra da morte não é o lugar em que Deus nos quer ver. Ele nos prepara um banquete posto em verdes gramados, à beira de regatos cristalinos, diante de nossos inimigos (reais, virtuais, materiais e espirituais). Muitas vezes, não vemos, preferimos o lixo, o úmido, embolorado, frio, desarrumado, turbulento, ruidoso e inóspito vale da sombra da morte.

Porém, há como ressuscitar daí. Há como fazer o lixo continuar com alma nova.



Estes tubos de papelão, ganhei de uma gráfica. Pensei em encapar tudo igual, mas fui mudando de ideia, olhando e pensando. Olhando e 'despensando'. Rs. Eu e o planejamento não falamos o mesmo idioma mesmo.






Este foi o resultado do tubinho menor da foto. Revestido de juta, uma tira bordada e um pedaço de pano que sobrou da cortina, dobrado no meio, enrolado como flor. Está sobre um pequeno armário onde guardo a tranqueira do artesanato.



Já este é um dos tubos altos. Foi parar no canto entre os sofás. O tecido é uma malha cortada da barra do vestido da Joana. Era comprido 'demais' e ela deixou curto 'demais'. O resto, virou vaso. As plantas secas são florzinhas desidratas e um galho de 'sei lá o quê' que o moço da loja de material de construção ia jogar fora. Pedi. Ele riu. "Vai fazer o que dona?" "Arte", respondi com muita cara-de-pau e nenhuma modéstia... Arte!!! Ele prontamente levou para o carro, deve estar acostumado com donas de casas malucas!




Olha a planta mais de perto, tem uma bolinhas.


Este outro virou um cesto guarda-trecos.

Aqui tenho uma porta comprada em loja de material usado. Ela sai do meu quarto para uma pequena área verde do quintal dos fundos. Enche o quarto de luz e de ar fresco.



Para ela, fiz esta cortininha, com um tecido que achei maravilhoso.



Detalhe do tecido, da cortina e da ponteira que fiz com uma das já fomosas flores de feltro, no detalhe. Amei a luz da treliça vasando, formando mais desenhos no tecido já todo bordado. Acho que tive muita sorte por ter achado este tecido na cor que mais adoro, com uma estampa que adoro e levinho como gosto e em promoção.

Eu queria que fôssemos sempre assim, aptos a tentar tirar leite de pedra. Aptos a aproveitar ao máximo os recursos que temos. Nem sempre encontro quem pense e aja assim. Se eu desistisse, hoje até choraria de decepção. Mas viver não tem desculpas. O tempo não negocia comigo. Melhor pegar uma tesoura, uns 'tatainhos', como eu chamava 'retalhinhos' quando minha vó fazia tapetes, uns trapos e tentar mudar meu mundo interno. E descobrir porque artesanato é considerado terapia. Terapia para salvar um final de semana. ♥♥♥♥

19 comentários:

ミ★ є∂ι ★彡 disse...

Olá querida, td bem? Belas ideias, adoooreiiii. Parabéns!!!
Tenha uma linda semana.

Beijos ♥ Edi

Juliana! disse...

Ana você tem toda razão,, artesanato é terapia e faz um bem enooooorme.
Suas peças ficaram lindas e super originais, amei! Parabéns menina telentosa!
Bjs

Claudia disse...

Eita, quanta idéia boa, adorei o uso dos tubos, mas gostei mesmo da cortina, ficou muito graciosa.

beijos

Wlady disse...

Ana, vc fala com uma força que impressiona!
Suas artes ficarão lindas.
Aquela porta é um charme!

Vivi disse...

Oi Ana
Nossa...cada idéia linda!!!
Ficou tudo tão lindo!!!
Parabéns....
Obrigada pelo carinho no meu blog viu...rs
Concordo com vc quanto a reciclagem..pena que muitas pessoas ainda não "captaram" e tanta coisa vai ao lixo desnecessariamente...
bjs

Isabela Kastrup disse...

Queridaaa, que texto, quanta sabedoria e criatividade!
Parabéns!
Super beijo

Débora Fouraux disse...

Oi Ana! parabéns pelo post! muito legal! o texto está ótimo e adorei as coisinhas que vc andou fazendo! :D Beijos

Laély disse...

Ana: eu também gosto essa terapia.
Viu, que mostrei sua cabeceira, lá no blog?
Um abraço!

ANA LÚCIA disse...

Passei por aqui para ver as novidades e gostei. Está muito criativa!
Abçs,
Ana

kerly disse...

oi querida, obrigada pela visita. adorei... vixi vixi o frio aqui não para, até quando esta sol esta frio hehehe mais eu amo essa cidade.
amiga mais que bloguinho fofo heim... sabe que tenho muitas coisas recicladas em casa tbm, mais aos pouquinhos vou mostrando lá na minha casa virtual... hehe

um beijão... e volte sempre.

tem casa que tem... disse...

Oi Ana, retribuindo a visita ao meu bloguito e respondendo a pergunta quanto ao tecido no fogão:
Impermeabilizei com a cola branca, mesma que utilizei para colar o tecido, quanto a gordura, se respinga no tecido eu limpo com detergente e a esponja apenas umida e em seguida seco com paninho limpo. Amei seu blog , também acredito na arte de reciclar e aproveitar. Beijos. Lene

Ví por aí... disse...

Ei Ana...
Que excelente terapia!!!
Adorei tudo!!!
A foto do banheiro finalizado já foi postada...
Já conferiu?
Aguardo sua visita!!!
Bjkas da Jô

Lena disse...

Amiga, vc ta ficando muito sabida, prendada,jogando em todas as áreas, jogando um bolão,com a cabeça cheia que lindas idéias, adorei os trabalhos, diga p/ Joana que adorei os coraçõezinhos viu?
bjs,
lena

BubbleDesign disse...

fiquei imaginando fazer uma luminária com esses tubos!
=]
abs

Santa Imaginação disse...

Oi Ana!!!Que lindos ficaram os tubos.....O de juta ficou demais....a cortina também aliás gostei de tudo...Bjs
Zu

Joana disse...

Oi Ana, adorei o uso que vc deu aos teus tubos de papelão, não só fez peças decorativas como utilitárias. As estampas e texturas ficaram ótimas. E essas fotos de ambientes, que coisa!! dá vontade de ter várias casas, uma de cada modelo, mas só no sonho. Gosto do rústico mas quando é misturado com peças delicadas e faz ambientes requintados como esses da foto. Tijolo á vista é bonito quando é por opção e não por falta de dinheiro para o reboco. Também gosto de reciclar, prolongar o uso das coisas, por isso gosto muito de tintas e tecidos, mudam a cara e dão aconchego. Virei visitar mais vezes. Venha participar do concurso do meu blog, estou procurando nome para um novo blog de vendas de bordados. Tenho certeza que vc tem ótimas idéias. Beijos
Joana

Santinha disse...

ah eu também sou assim como vc., não passo perto de nenhuma caçamba na rua sem dar uma geral.
A idéia ficou linda e vc. explorou muito bem todas as possibilidades.
Adorei.
Bjk e obrigada pela visitinha viu!

Helena disse...

Oi Ana adorei seu blog, gostei
da ideia de aproveitar os tubos
de papelão, eu tenho mania de
guardar trecos para aproveitar,
agora estou encontrando coisas bacana nas viagem pelos blogs.

Vania disse...

Oi..Amei seu blog!!!
Amei suas idéias e a forma como escreve!!!
Quero ser sua seguidora!!
bj