quinta-feira, 26 de março de 2009

Reforma do banheiro - parte II - bancada da pia

Enquanto o Nelson, com seu sorriso caipira – ele era de roça, tem uma força descomunal, carregou as vigas da pérgola sozinho, tem aquele sorriso tímido, meio escondido, meio escancarado, muito bonito e comum aos caipiras – sim, enquanto ele vai assentando pedras, dirigido pela renomada arquiteta Euzinha Barbosa, estou mexendo com a escolha da bancada da pia.




Esta aí, foi a que mais amei, me atenderia em diversos aspectos.

Como ela ficará de cara para a porta, que fica de cara com o “escritório-área de distribuição dos quartos”, quero fazer uma que esconda o sifão e onde eu possa esconder mais coisa além da sujeira que os revestimentos vão esconder.
Porém, decidi que vai ser branca, afinal não posso esconder tudo no mundo. Até porque não adianta esconder. Diz a palavra de Deus que tudo que é feito em escondido, um dia será proclamado do alto dos telhados.... prova são os milhares de escândalos do mundo inteiro que parecem crimes sem nenhuma suspeita, mas que um dia explodem e, do alto dos satélites, chegam ao conhecimento público pela TV, internet e tal. Como a economia bichada dos norte-americanos, que enfiaram debaixo do tapete vai saber por quanto tempo e que um dia despencou sobre nossas cabeças....
Não obstante, fico com os revestimentos pretos – que vão mostrar marcas de espuma, de sabonete – e com toalhas marrons, roxas, azul marinho, pretas... não vem que não agüento esfregar roupa não.... Deus me entende.
Mas a pia, essa vai ser aparecida. Uma pia arroz, no meio do banheiro feijoada, ladeado por um jardim de inverno farofa com couve (pedra com plantas) – xiiii viajei forte. Talvez o branco vá esconder marcas de pasta de dente.... e mostrar pegadas das patas superiores dos meninos. Mas, é assim, esconde o barro mostra o sabonete, esconde a pasta, mostra o barro, vida de mãe do interior é esta ’luita’, como dizia minha vó, também de roça, com seu sorriso meio escondido, meio escancarado, já desdentado nos 92 anos, com o hálito de bebê que os idosos sem dentes têm.
Sem mais delongas, vamos aos gabinetes, bancadas, lavatórios, sei lá qual o nome correto, que andei pesquisando, me inspirando....
Se a cuba fosse de sobrepor, poderia ser assim. Achei tão chique estas tinas tipo ofurô, de madeira.

E olha isso. Gente, que coisa mais linda, rústica e chique demais. Poderia ser pesada, mas é lindamente leve, pro meu gosto.


Branquinha, como quero, com uma prateleirinha.




Outra branquela, aquecida pelo cesto de palha e banquinho de madeira.

Gosto desta monolítica também, com pedras, acho.



Ou esta de madeira já mais trabalhada, menos rústica, com nichos para as toalhas e papel higiênico, prateleiras de vidro para objetos lindinhos.



Ou outra em madeira.

Por hoje é isso, gentes.... Espero que tenham gostado e que a minha piazinha humilde um dia chegue aos pés de algumas destas que amei conhecer. Como diria minha mãe, nascida na roça - hoje não tive como deixar de lado a sabedoria caipira - a gente olha com os olhos e lambe com a testa... Ah! garanto que, quando ficar pronta, mostro pra vocês, nada de ficar escondida.... minha pia, a minha pia tem que ser aparecida!

7 comentários:

Talma disse...

Lindas cubas e aquele tipo gaveta é tudo de bom " lavou, guardou" rssss.
Bom ter vc por aqui.
Amei a mensagem, viu?
Deus te proteja sempre!

Lena disse...

Aff super amiga, seu texto é melhor que qualquer cuba,pia, bancada etc, vc dá uma viajada legal (no bom sentido)em diversos assuntos e não se perde nunca, quem me dera!!! Penso até no que vou escrever nos comentários p/ seu blog, assim não, assim tá errado ... rsrsss.
Querida se vale um pitaco, vai aí,
ja tive pias escuras no meu antigo apto,só eram lindas enquanto estavam limpíssimas,tudo aparece nelas, as branquinhas são tudo de bom,(mesmo pintadinhas de marrom pelas mãozinhas encardidas), são mais deixe o colorido pros detalhes.
bj,
lena

Wlady disse...

Esse seu jeito de escrever me fascina!!!!! quando eu crescer quero ser assim como vc!
Cada cuba linda hein! Pena que a nossa grana é curta!
bjk

ANA LÚCIA disse...

Boa noite,
Fazia tempo que não passava por aqui e gostei de ver as novidades e idéias. Cada banheiro "chic" né?! Pena que o meu seja tão pequeno, já reformei mas não pude enfeitar...
Abçs,
Ana

Viviany disse...

Aninhaaaaa , queridona , que saudades de vc !!!! Sumi , eu sei mais vc tbm , hehehe ... Adorei todos os banheiros , mais tenho certeza que vou preferir o seu !!!!
Bjuss*

Isabela Kastrup disse...

Olá, Ana querida, difícil dizer qual a mais bonita. Quanta coisa linda. Adorei todas, em especial aquela de sibrepor, super diferente!
Beijos

Raquel disse...

Adoro estar aqui. Porque viajo junto com vc.
beijo grande e força na peruca!