terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Transformação de objeto ou já Elvis

Há mais de um ano, eu sonhava com esta imagem no meu banheiro. Não sabia que seria assim, bem assim, ficou mais lindo do que pensei, mas sonhava.... Comprei a saboneteira no one nine nine. R$ 7,50 e pensava.... 'cara, vou arrasar, colocar no banheiro como um vaso pra florzinhas, nada de sabão líquido.... surpreender, isso sim é uma criação minha, uma sacada exclusiva'. O sonho se concretizou ontem, nestes dias de férias na casinha, porém se realizou em partes.

Porque os sonhos estão se concretizando, com muito trabalho. Estou cada dia mais convicta de que estas férias me fizeram um mal danado (mentirinha...rsrs) e também fizeram um bem danado, já que todas as coisas cooperam para o bem dos que amam a Deus (verdadona). E eu O amo... Vou chegar super cansada ao trabalho, dia 19, porque não tive um dia, nenhumzinho, dia parada, morgando. Mas vou chegar lá naquele dia com 42 anos completos, me olhando no espelho, remoendo minhas palavras, sabendo que elas me expressam e com aquela sensação meio Clarice Lispector, meio Adélia Prado: um dia eu chego lá...

Entre atos, fatos e pensamentos, nestes dias, está a tentativa de entender o porquê de dizerem que Elvis não morreu. Êpa... Como não!? Olhei para as coisas abaixo, perdidas pelos cantos e pensei: “Já Elvis”! Se já Elvis, já era, já morreu, se escafedeu. Só pra morte não tem saída. O que ta morto, ta. Elvis idem.




Uma escrivaninha de madeira, antiguinha, robusta, emprestada prum amigo, voltou patriótica - verde-amarelo, azul e branco, meu Brasil! e destruída....

Um latão tipo de tirador de leite, o qual, não sei porque paçoquinhas, o Carlinhos pegou, fez massa de cimento dentro, não limpou e jogou num canto do quintal. Tinha uma pintura oxidada que amava... colocava flores, pães...

Um pendente de vidro colorido - não é, mas parecia Murano... - que o Carlinhos quebrou na hoa de retirar...


E ainda o espelho que me emoldura nas fotos deste post, que está saindo do banheiro em reforma... jogado, fadado ao lixo, à caçamba de entulhos....

Ou um cesto de vime mais quebrado que arroz de terceira... pedindo help, não me esqueça num canto qualquer, como o caderno do Toquinho.


É, Elvis morreu, mas que nada, Ana Maria, até a morte não é tão conclusiva assim como anda pensando pelos cantos. Quem está em Cristo é nova criatura, as coisas velhas se foram e tudo novo se fez.... quando morre o velho homem, sem fé, nem eira nem beira, nasce outro, fincado na rocha do amor, da esperança e da renovação. Hum!!!! Tô meio entendendo, mas... Elvis morreu ou não morreu? Sei lá, se morreu, morreu, quem ressuscitou foi somente Jesus, isso sei.



Penduricalho, by Casa da Ana. Direto da árvore de Natal para o puxador do quarto do Vi e Teo
O refrão de Gil ecoa no meu cérebro. "Drão, o amor da gente é como um grão, uma semente de ilusão, tem que morrer para germinar, ressuscitar no chão....", misturando-se aos outros pensamentos. Tem passagem bíblica que inspirou o Gil a falar isso. É, se não morrer não volta a viver.
Olha como estão renascendo sementes mortas no meu quintal.

O que restou dos grãos de milho caídos do galinheiro do Vinícius, rompe a terra... em terra muuuito fértil. Será que degustarei espigas suculentas?




Tem as sementes de bucha vegetal que se espalharam e estão cobrindo o muro, e entrando janela do banheiro adentro.




E as sementes de mamão deixadas pelo Donatelo, um cágado que viveu aqui uns dias e, gente, conseguiu fugir, conseguimos deixar um cágado escapar, que fiasco! Nós não é bem o pronome. Foi o Carlinhos, o pedreiro ao qual dedico amor e ódio. Volta ao assunto, Ana. Sim, sim....qualquer dia, comeremos mamão....delícia, thanks Donatelo e sua bocona boa, comendo lerdo.



E tem as vagens de flamboyant, que soltou suas sementes, que não brotarão naturalmente..... só se houver interferências para despertar a semente, de forma natural, com os animais, ou com processos realizados pelo homem. Estão enfeitando a mesa de centro... majestosas.
E os primeiros tomatinhos, das sementes semeadas pela ex-funcionária doméstica, minha amiga Lúcia...me fazendo entender que não só do acaso há brotos, mas do semear.

Yes, intão, simboralá, semear....idéias, sonhos, realizações, experiências e, inclusive, coisas. A lógica é: aqueles trecos quebrados e usados já morreram, já Elvis. Vou semear, investir, trabalhar, descobrir novas vocações e, quem sabe, brota uns trenzim novo pra gente usar quim casa, sô.

Estes trecos aqui já fui reutilizando, sem foto de antes-depois, porque foi só lavar e reempregar, mas eu gosto.


As flores do Natal + a lata do Nescau. Não parece que foi decoupada?


Ou o velho vidrinho de shoyo, junto com uma luminária de mil novecentos e tralalá... no aparador da TV

Reutilizar, reaproveitar, reciclar por ideal ou só pra ficar olhando e achando – que lindo, que bom que reaproveitei, que transformei, estou tão preocupada com a sustentabilidade...
Ah, tem disso, mas não só isso. É bom saber que morrer se morre, mas ainda tem jeito. Eu não quero partir dessa pra outra agora, mas sei que lá tem a eternidade, boooa de morrer, digo de viver, ao lado do meu Senhor, tranquila e calma, tranqüila sem trema, tranquila, como dizia um baiano da minha infância. E o Elvis... está vivo aí, no imaginário do povo, o Teo com seus recém oito anos, fala que é o Elvis, o Michel Jackson, então eles devem estar vivos...
Por isso, encerro o post, um post de lançar sementes.... com todas estas quinquilharias nas mãos e dois novos brinquedos
Uma máquina de costura muito usada que peguei em pagamento a um cheque sem fundos que me deram.
E um grampeador de tapeceiro, tipo Rocama
Agora, ninguém segura esta mulher.... Rsrsrsrsrsrsrsr.... vou ver o que brota na mente e logo mostro. Antes, tenho que postar e sair correndo da net, porque isso me ocupa tanto kakakakaka – oh, vida cruel! Afinal, céus, Deus eterno, já é dia 13, umas 20h e tenho só cinco dias para realizar tudo. Isso com uma festinha de aniversário no sábado e visitinhas de amigas de Sampa e da minha mãe, minha irmã e dois sobrinhos.... Acho que dia 19 eu terei bem mais que 42, ou só uns 6. Ou ainda, se não estiverem contando por aí. “Lembra a Ana? Já Elvis”. Tô na fé, se Elvis não morreu, menos eu.... que vou pra casa do Papai... pra glória do Deus Vivo.

PS. Não estou conseguindo responder aos comentários, meninas, estas coisas de internet bomba.... melhor, internet tosca, como diz a gurizada da minha vida. Mas agradeço imensamente as visitas, respondo com o meu coração e os meus pensamentos, visito de volta – um sacrifício. Estou tomando esta brincadeira, este prazer imenso de falar com vocês, como mais uma missão.
Para concluir, a imagem da minha linda saboneteira foi apenas um sonho em parte concretizado porque eu sonhava com o ineditismo. Ainda com uma lâmpada sobre minha cabeça e a palavra eureka acendendo e apagando em neon vermelho, verde a azul estou passeando pelos blogs e está lá..... no blog Coisas da Dóris
Ainda por cima, com espelhos venezianos, disse espelhos, no plural, uns quatro, editei para não me humilhar, editei mesmo, cortei, diminui a foto. Caramba....!!!!!!! Publicaram primeiro, então inventaram antes de mim....
puf, urgh, raiva, raiva.... me contenham o ódio kakakakak.
Como dizia um ex: “No sábado, você acha que teve uma idéia espetacular? Pode ter certeza que ela vai aparecer no Fantástico, domingo, como a nova mania nacional... com um monte de adepto. Quando você tem a idéia, um monte de gente já teve”.
Ahhhhhhh! Oh vida, onde nada se cria, tudo se transforma e copia. E corre pra publicar, minha cara.... senão, já Elvis.
Senão, bejim, bejim, tiau, tiau.







































12 comentários:

bia fá disse...

menina adorei sua ideia...aff
publicaram antes mas será que vc não teve a ideia antes desse povo que publicou???rs hahaha
amei a saboneteiraaa!!!
bjos!!

Rosana disse...

Eu nunca na vida teria sozinha uma idéia dessas!!! E tb nunca tinha visto antes, então, pra mim é totalmente inovadora!!! Amei!!! Vou guardar esta foto e copiar no futuro! hehehhehe!!!! Pq o q interessa é ficar lindo... e ficou!

E mudando do saco pra mala, achei muito inspiradoras as fotos... cheias de vida! Tua casa é cheia de vida, com certeza!!!

PS: quem consegue deixar um cagado fugir???? hehehhee!!!

Talma disse...

Ahh Aninha, mas olha....prá mim, o seu porta-sabonete-flor é idéia sua, porque até vc ter colocado a outra foto, dizendo que viu a foto noutro blog, eu não sabia disso. Portanto, oficialmente, prá mim, a idéia única é sua, tá? rsss.
Agora, me diz o nome do "amigo" prá quem vc emprestou aquela escrivaninha, para que passemos longe dele...kkkk.
Adorei seu vaso e as possibilidades de coisas novas com a escrivaninha e o baldinho. Uma sugestão para suas gavetas: tecido.
Uma sugestão para seu baldinho: decupagem por fora e terra e flor linda dentro.
Ahhhh....ia esquecendo do melhor: suas plantas! Menina, bucha, tomate, milho.....que mais??? Adorei tudo.
Depois conta como se ativa uma semente de flanboyant.
Beijocas flor.
Tem (vai ter, ainda não postei) selinho prá vc. Vc já tem, mas é mais o reconhecimento, mesmo.
Beijocas!

Fabrício e Ju disse...

Oi Ana, já estava namorando seu blog há algum tempo, mas hj é minha primeira postagem. A idéia da saboneteira ficou fantástica, principalmente com a combinação de espelhos. Parabéns! Sua casa deve ser muito linha e aconchegante.
Um beijo, Juliana

Mel ♪ ♪ disse...

Ana querida, eu simplesmente achei demais essa SUA idéia das flores na saboneteira. E não importa se alguém teve a mesma idéia. O importante é que você pode colocar a sua em prática e pronto.

Ah, e muuuito obrigada pelo prêmio(só hoje que eu vi... haha). Fique meu achando rs

beijocas

lulubeka disse...

Aninha
estou passando pra te desejar uma semana linda...
Que luxo esse porta sabonete, ADOREI!!!!
Criativa vc menina.

beijocas.......

Greice disse...

Adorei a saboneteira e o arranjo com o vidro de shoyo.Ai que raiva(compartilhada), imagino a sua frustação ao perceber que alguem teve a mesma ideia..afff.
Sua fotos estão maravilhosas, aquela no espelho hein!!!..chic demais.
beijos

Regiane disse...

oi Ana!
Ainda estou por aqui,na casa da maninha.
Menina....que criatividade!Adorei!
Quado eu voltar de viagem vou precisar de uns dias para recuperar meu peso.Vamos juntas nessa...rsrsrsrs
Beijocas
Regiane

Joana Rodrigues disse...

passei para falar que na nossa lista de convidados inclui a Danielle e o resto do povo, e a Duda com o Rick

Michelle disse...

Linda!
Deixei um selinho pra v.
beijocas,
Michelle.

Gabriela Gonçalves disse...

Anaaaa AMEI a saboneteira, ficou um charme. Agora o vidinho de shoyo me deu ideias e vivo jogando vidros d azeite fora.. Oh my God!!!
Bjinhos

Rosana disse...

Aiaiai!!! Essa tua internet já tá me irritando! hehehhehehe!!!! :P

Olha, eu não sei nada de costura, então nem faço idéia de como se faz uma cortina simples, pior ainda uma romana! hihi! Pra mim tudo parece difícil...tenta aí e depois me diz! hehehe! :P

E vê se não te stressa muito aí com essa net e tudo mais... e pensa com cuidado no assunto "quase ex"... as vezes o q parece não ter solução acaba nos surpreendendo não é?!?!

Beijos e muita paz pra vc!