segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Flores de fim de festa: resgate e delícia de uma pão-duro










Esta é uma gérbera vermelha. Era meio desconhecida de nós, há uns poucos anos, mas tornou-se uma queridinha no mundo da floricultura e da decoração.
Este é um arranjo de gérberas com lírios, custa em torno de R$ 60,00




Este outro, tem gérbera, ixora, umas pinhas. Custa R$ 74,00





Esta é uma espécie chamada ranúnculo. É meio sósia da rosa, porém é mais rechonchuda e tem as pétalas mais delicadas. Esta se tornando uma queridinha no mundo da floricultura e da decoração.




Mais ranúnculos, brancos, num arranjo liiiiiindo pego - com comentários sobre utilização de vasos nem tão vasos assim - aqui.




Estas são gérberas num vidrinho de azeite. Este arranjo não têm preço!!! Rsrsrsrs




Este é um buquê de gérberas instaladas um globo de luz - daqueles de vidro leitoso, bem antigos, uma caixinha de vidros e meio quilo de grãos de soja que estavam dando sopa no armário, digo, não viraram sopa. Também não tem preço!!



Já estas estão acomodadas em uma latinha de leite em pó Itambé (bem mais bonitinhas que a de leite Ninho, pode apostar!!!!). Preço: sei lá!!!


Estes são ranúnculos brancos, numa outra latinha, avaliados em R$ nadinha!!!!

Explico: todo evento realizado no meu trabalho conta com alguma decoração. Quase sempre tem flores. A festa acaba, ficam as coitadas lá, jogadas ao léu. Acho um absurdo porque flores são caras (puderam conferir comigo!!!), quase nunca sobra grana para eu comprá-las. E amo florzinhas espalhadas pela casa.....
Então, já virei a catadora oficial de flores de fim de festa..... Uma espécie de xepa do jardim.... nem ligo para o que podem pensar. E pensam, e falam....
Sábado passado, foi confraternização e, na segunda, voltei ao local da festa pra buscar uns materiais e lá estavam as flores, agonizando no calor sul-matogrossense, esquecidas no salão. Pedi autorização ao gerente do local e fiz uma catação no que dava pé.
Uma vez, resgatei uns arranjos, selecionei as que ainda estavam bem e providenciei primeiros socorros, como fiz ontem (ai, já é madrugada e eu aqui, na net... vou acabar sendo internada pra tratamento anti-vício, rsrsrsrs):
SOS DE FLORES
1. Corto o cabo em diagonal com uma faca limpa a afiada. Tem que ser um corte só, firme e ao mesmo tempo delicado para não machucar muito o caule. O corte pode ser longo, para o cabo ter mais contato com a água.
2. Se estiverem muito baleadas, coloco numa forma com água gelada. Deixo as pobres lá deitadas, recuperando o viço por uns 10-15 minutos. (Também faço isso com verduras de folha, quando estão meio murchas). Acredite: elas renascem das águas!!!!
3. Depois, monto meu arranjo e coloco água gelada no vaso.
4. Todo dia troco a água, geladinha e limpinha.
5. As flores que ficam mais murchas são retiradas diariamente e, se necessário, dou uma "arranjadinha no arranjo"
Resultado: decoração custo zero.
No caso do arranjo passado, as flores duraram 15 dias. "Um milagre!", dizia até o moço da decoração, que trabalha com flores a vida inteira. Elas ganharam 15 dias de vida útil e, funcionários e visitantes do local, ganharam um belo "olá" ao tomar um cafezinho, já que deixei o arranjinho lá.
Gentesss, gérberas e ranúnculos jogados... desperdiçados.... minha casa está sorrindo!!!! E meu espírito pão duro também. Resgatei e trouxe pra minha casinha, que está toda pimpona, com as flores de fim de festa reaproveitadas. Dei trato e montei meus arranjinhos. Quatro e ainda vou brincar de 'floricultora' (kakaka) uns dias, quem sabe brotam outros arranjos, outras idéias....
Descobri no blog Cheiro de Mato que os ranúnculos são resistentes, como as gérberas. Conto com eles ainda vivos na minha ceia... Também tem mais foto aqui, em várias cores, pra você curtir.
O melhor é que hoje começa o recesso e, antes, tem novo evento, com mais flores. Ai, meu Deus, vou abrir uma floricultura neste final de ano....
MODA
Depois de tudo, ainda quero pesquisar e descobrir: por que existe planta e flor da moda? Você acha justo uma espécie sair de moda e outra ficar up? Eu, sei lá.... se for de graça, é capaz de aceitar até flor de urtiga - linda, diga-se de passagem....

Flor da urtiga, de graça, no mato mas difícil de achar.... Devia entrar na moda.... a gente cultivar e preservar a diversidade... kakakakaaka. Concorda?

4 comentários:

Rosana disse...

100% apoiada!!! Elas são muito lindas para morrerem esquecidas!!!

Bjos

Talma disse...

Flor, estou passando para desejar um Feliz Natal coberto de amor, paz e amigos por perto. Beijocas de coração!

Margaret disse...

querida, um feliz natal pra voce.
cheio de amor, paz e saude.
grande beijo.
( to corridinha e nem li o post, mas volto depois para ler.)

Dani - Verde Novo disse...

Ótima atitude... e nunca devemos ligar para que os outros pensam quando nao estamos fazendo o mal a absolutamente ninguem!

Aproveito para desejar-te Um Feliz Natal cheio de boas energias. São meus sinceros votos. Que esta fase venha recheada de realizações e mais sonhos....

Dany
Verde Novo!