terça-feira, 2 de março de 2010

Meu marido fez de mim uma mulherzinha

Em tempo de BBB colorido, GLS ou sei lá o que, falar do seu 'outro' lado parece que virou lugar comum. Mas vou combinar com vocês. Meu lado mulherzinha anda cada dia mais aguçado. Eu até me arriscaria a dizer que quase viro amélia se minha área de serviço comportar uns apetrechos destes aí embaixo. Pilotaria as vassouras e etcs com amor incomum à causa.... Promessa de campanha!
E então? Qual o motivo do título do post? Explico. Quando conheci meu marido estava numa fase meio dura da vida, dentro de um relacionamento tão sem eira nem beira com um namorado estranho que mais sumia que aparecia. Morava sozinha, numa cidade onde eu não tinha um parente, poucos amigos. Tinha que tomar conta de tudo, tinha que me proteger: endureci um pouco.
No dia que nos conhecemos, houve uma troca de olhares bem estranha. "Hum, bonitinho, mas tenho certeza que é gay", pensei. "Hum, gostosa e interessante, mas acho que é sapata", ele pensou. Estávamos na casa de amigos gays e isso deve ter influenciado nossos pré-julgamentos. Mas a química foi imediata. Como diriam por aí, meu lado sapatão era gay, o lado gay dele era lésbico, descobrimos meia hora depois. Era só uma questão de temperamentos não de vida sexual.
Fomos embora juntos, dormimos - dormimos mesmo - juntos, juntamos as escovas de dentes no dia seguinte. Explodimos em amores, dava até enjôo!!! Faz 13 anos e três filhos.
Temos problemas? Sim. Temos dificuldades? Aos montes. Temos diferenças? Incríveis. E queixas, perdas e danos? Inúmeros.
Mas a química, meu bem, continua borbulhando, graças a Deus... E eu? Continuo mais dura que ele e, por este motivo, devo ter encontrado nele a maleabilidade que me deu chance de ser tão, mas tão mulherzinha, que posso me dar ao luxo de suspirar quando vejo uma vassoura e uma pá de bolinhas...., oras, bolas.
Ou uma cadeira de meiinhas.... Quer coisinhas mais mimosas que estas???
Este homem realmente fez de mim um melzinho! Inclusive quando dou uns gritos e ponho pingos nos is, convoco para uma DR básica e ele só sussurra: 'vamos dormir, Ana'. E no dia seguinte traz meu café-preto-acorda-defunto na cama. Não tem jeito de ser sarjento ao lado desta doçura, caraca!!!!

16 comentários:

Claudia disse...

Ana, que post mais bonitinho! Que coisa boa ler isso, também estou com o Pedro há anos, há quase 18, pra ser mais precisa e também temos nosso problemas, mas felizmente amor é o que não falta. Ah, também suspiro pelas vassouras de bolinhas, dá até pra voar e ser uma bruxa com muito estilo.rsss

beijos

Saron disse...

Oi Ana, que historia de amor linda.Começou meio doida mas com um final feliz.Adorei esse post, gostei muito de le-lo.Ah, eu tb adorei as vassouras e outras coisitas rosinha e com bolinhas, bota mulherzinha nisso!!!
Bjos

Rita de Cassia disse...

Quase tive uma "sincope", aaaamo tulipas, a cor rosa e cuidar de minha casa, então.... não caí pra tras porque a cadeira tem encosto. AMEI!!!!!!!
Mas só pra te contar uma segredo: Marido perguntou como consigo trocar os móveis pesados de lugar. Coloco meias nos pés dos móveis, dá pra arrastar sem fazer barulho, por isso fiquei isana com as meinhas nos pés das cadeiras. Adooorei tudo, inclusive a história.
bj bj bj

MARCELA SONHADORA disse...

Que história de amor mais linda... Essas que fazem qualquer mulherzinha suspirar de amor...

Talma disse...

Ai Aninha...sei não...acho que nem por todos os cafés do mundo - nem daquele capazes de despertar as múmias do Egito, eu faria uma campanha dessas...rsss.
Mas que esse rosinha com poá branquinho deixa a gente fora do prumo mesmo.
Ei, seu tempo de casada com seu "gay" é metade do meu tempo de casada com meu "nerd chato e entediante"....kkkkkk.
E como vc, sou a durona em casa.
Beijocas!!

Sandra Peres disse...

Sei bem como é, estou passando por uma situação parecida, até uma roupa cor de rosa eu já comprei, estou tão meiga até quando estou brava, o amor muda as pessoas!!!

Não é defeito ser assim, ou é???

Que atire a primeira bolinha quem nunca comprou o que não precisava só porque estava cheio de bolinhas...

Kelly Maia disse...

É tão bom ouvir histórias tão reais, tão sinceras. Parece que o mundo anda perdendo a simplicidade de viver e amar.

Eliene Vila Nova disse...

Oi linda
que delícia essa declaração de amor, te entendo profundamente.
parabéns à química do amor.
obrigada pela força, viu?
te adoro.
beijos

Débora Fouraux disse...

Oi Ana! Que historia lindaaa! ahh todo mundo precisa desse lado mulherzinha ne?! Beijoss

Eliene Vila Nova disse...

ah e quero muito essa vassoura e pá e tudo rosa com bolinhas brancas,rsrs

Andressa disse...

Ai que legal ouvir sua história!!! Que essa "química" dure pra sempre.

*~* Coisas da Bruxinha *~* disse...

Ai que lindo Ana, adorei sua declaração de amor, e me sinto muito feliz sempre que encontro pessoas que tb são felizes, casais que se dão bem. Como eu sou muito feliz agora , e hoje faz nove anos que mncontrei meu amor de verdade , então tb quero que outras pessoas sejam felizes e saibam que se pode viver junto e se repeitar, se amar !! bjs continue feliz !

Lena disse...

Hj namorei meu amor por msn e tbém fiquei assim, uma mulherzinha apaixonada,esse estado de graça é muito bom!!!
bjs Ana, apareça !!! tem coisinhas coloridas no meu blog p/ combinar com seu estado de espirito tão doce.
lena

Alê Viotti disse...

Ana amei suas palavras,sua história,que bom encontrar alguém assim na vida heim???
Eu tb tenho um aqui em casa, e neste ano faço 13 anos tb...ah e com dois meninos!!!Parabéns
Bjooos

Tô aprendendo... disse...

Oieeeee...

as coisas por aqui continuam sempre bem né??? ;)

menina.. será que gostar de vassoura e pazinha é sinal de loucura???
EU AMEI ESSAS DA FOTO!! hhehehe

bom final de semana,

Eva C. disse...

não é todo dia que se faz uma declaração assim e muito menos que se recebe!!!!